Síndrome da Mão Alienígena

Imagine essa cena: você deitado na rede, cochilando, em uma tarde fresca de domingo, desfrutando da paz e do silêncio de sua utopia suburbana. Lentamente, sua mão esquerda relaxa, agarra seu pescoço e você desperta, encontrando sua própria mão presa na garganta com um golpe de kung-fu. Você tenta soltá-la com a outra mão, dedo por dedo, até que ela afrouxa um pouco e você fica lá, olhando para a mão que de uma hora para outra nem parece que é a sua. Embora pareça um filme de terror de segunda categoria, é realmente uma condição médica real e bastante estranha conhecida como “SMA” (síndrome da mão alienígena).

Introdução
O que é exatamente a síndrome da mão alienígena?
É um distúrbio neurológico raro em que uma mão funciona involuntariamente, sendo que a vítima não percebe sua ação. Embora o exemplo acima possa parecer extremo, as pessoas que sofrem de SMA apresentaram sintomas semelhantes em determinados casos. Sintomas menos horripilantes incluem agarrar e apertar, tocar o rosto ou rasgar a roupa involuntariamente. Casos mais extremos envolvem encher a boca com comida, impedir que a mão normal faça tarefas simples e cutucar e estrangular a si mesmo. Embora seja vista mais como uma questão de transtorno do que uma ameaça médica, as pessoas que sofrem dessa síndrome geralmente têm problemas psicológicos e perturbações, além de, ocasionalmente, sofrerem lesões como resultado das ações do membro renegado.
A SMA difere-se de outras condições de movimentos involuntários em que as ações do membro afetado têm um propósito e são orientadas. A mão afetada pegará um objeto e tentará usá-lo, ou realizará uma simples tarefa, como abotoar e desabotoar uma camisa. Os pacientes conservam todas as sensações na mão alienígena, mas geralmente mostram movimentos involuntários. Esses pacientes também podem apresentar comportamentos estranhos, como falar com a mão, alegar possessão demoníaca ou referir-se dela na terceira pessoa.
Também conhecida como mão desordenada, a SMA foi identificada pela primeira vez em 1909 e, desde então, houve apenas 40 a 50 casos registrados. Acredita-se que outras ocorrências tenham recebido o diagnóstico incorreto como parte de um distúrbio existente de saúde mental. A raridade e a natureza não ameaçadora da SMA levaram a pouquíssimas pesquisas e à falta de dados concretos, resultando em uma condição inteiramente misteriosa. Entretanto, recentemente, foram descobertos novos dados que ajudam a identificar a parte do cérebro que está ativo durante os episódios de SMA.

O que acontece no cérebro…

Para compreendermos algo sobre a síndrome da mão alienígena, aprenderemos primeiramente sobre o cérebro e como ele funciona. O cérebro humano é dividido em dois hemisférios, cada um com quatro lobos diferentes, todos funcionando juntos para criar, controlar e regular a fala, os movimentos, as emoções e um bilhão de outras subfunções. O lobo frontal é a seção responsável pelas habilidades motoras, como o movimento e a fala, e pelas funções cognitivas, como planejamento e organização, além de ser um bom lugar para se dar início à explicação da SMA.
Vamos nos concentrar no planejamento e na organização. Suponhamos que você queira dar um golinho no seu café da manhã. O que parece uma tarefa simples é, na verdade, uma seqüência complexa de funções do cérebro, do momento em que você pensa “Humm, café”, até ele encostar nos seus lábios.
Ao decidir dar um gole no café, o lobo frontal emite um sinal, planejando e organizando tudo que deve acontecer para que essa ação se complete. Você precisa alcançar a xícara, segurar a asa, levá-la à boca, beber e engolir e, então, colocar a xícara de volta e soltar a asa.
Esses sinais são enviados à região motora, área que vai do topo da cabeça à orelha e é responsável pelo controle de todos os movimentos do seu corpo.
O lobo frontal informa à região motora: “ei, preciso de um pouco de café, faça seu trabalho”, e antes que você perceba, estará apreciando seu belo café da manhã. A chave para que isso aconteça é o envio correto das mensagens, graças ao corpo caloso.
A lesão ao corpus collosum está no coração desse distúrbio raro

Pense no corpo caloso como o servidor de e-mails do cérebro, um grupo de nervos de envio de mensagens que se conecta e compartilha informações com os dois hemisférios. A síndrome da mão alienígena é o resultado da lesão desses nervos. Essa lesão ocorre com mais freqüência em pacientes com aneurismas (em inglês) cerebrais, derrame cerebral (em inglês) e naqueles com infecções no cérebro, mas também pode se manifestar como um efeito colateral de cirurgias, mais comumente após um procedimento radical que trate de casos extremos de epilepsia (em inglês). Quando o caloso sofre uma lesão, ele deixa diferentes seções do cérebro desconectadas e incapazes de se comunicarem – seu e-mail está permanentemente inativo. Com a SMA, uma mão funciona normalmente, realizando tarefas intencionais sem se comunicar com a outra mão, o que resulta em um membro que pode agir sozinho, às vezes, opondo-se ao lado que funciona.

Curiosidades médicas misteriosas
Foram feitas pouquíssimas pesquisas ao longo dos anos devido à raridade de casos, mas um estudo feito por uma equipe de médicos suíços, em julho de 2007, deu uma nova luz à SMA. Os médicos realizaram testes de ressonância magnética funcional em uma vítima da SMA para determinar quais seções do cérebro mostrariam atividade durante os movimentos planejados e não planejados. Eles descobriram que os movimentos planejados originavam-se no lobo frontal antes de serem enviados à região motora, enquanto os movimentos estranhos não mostraram nenhuma atividade no lobo frontal – eles partiam da própria região motora. Além disso, o sinal permanecia na região motora sem enviar uma mensagem de volta ao lobo frontal, fazendo com que as vítimas não percebessem seus próprios movimentos. Embora a região motora tenha sido, finalmente, escolhida como o centro da atividade, ainda não se sabe o que ativa os sinais, deixando a condição como uma curiosidade médica misteriosa.
Veja o vídeo do pequeno Kevin:
By | 2017-11-10T12:02:39+00:00 abril 15th, 2016|Categories: Sem categoria|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.