Tumor de Wilms

tumor de Wilms, também denominado nefroblastoma,
é uma neoplasia embrionária maligna oriunda do blastema metanéfrico, sendo
este, o tumor renal mais comum durante a infância.

Foi relatado pela primeira vez em 1872,
apresentando descrições de tumores renais de diversas formas. Max Wilms revisou
a literatura e relatou sete novos casos. Sua descrição da afecção foi altamente
esclarecedora, tanto que a doença recebeu o seu nome.
Afeta crianças com idade inferior a 5 anos,
apresentando maior incidência entre 3 e 4 anos de idade. Este tumor tem sido
relacionado com a ocorrência de determinadas malformações, sendo as mais comuns
as ligadas ao trato urogenital, a hemi-hipertrofia (crescimento exagerado) ou a anirídia ou
ausência da íris.
Esta neoplasia pode acometer qualquer região de
ambos os rins; todavia, costuma ser um tumor solitário. Normalmente, geram
distorções dos contornos renais, comprimindo, com frequência, o rim residual
num tecido delgado que encobre o tumor.
As manifestações clínicas englobam dilatação
abdominal, dor abdominal, febre, perda de apetite, náuseas e vômitos. Em
aproximadamente 20% dos casos, pode haver a presença de sangue na urina. Também
pode ser responsável por aumentar a tensão arterial. Esta neoplasia pode
espalhar-se para outras partes do corpo, especialmente para os pulmões,
causando tosse e sufoco.
Os tumores de Wilms às vezes também podem causar pressão alta. Isso não costuma causar sintomas por conta própria, mas em casos raros pode causar problemas, como sangramento ocular ou até mesmo uma alteração da consciência.

No geral, a massa abdominal é palpável. Caso
haja a suspeita da presença desse tumor, o indicado é a realização de
exames de imagem, como ultrassonografia, ecografia, tomografia axial
computadorizada ou ressonância magnética. Em certos casos, a avaliação da
medula óssea e óssea deve ser considerada.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Os pontos mais importantes são o estádio e o tipo
histológico do tumor. Pacientes com estádio I e II apresentam mais de 92% de
sobrevivência. Esta porcentagem reduz para 87% dos pacientes em estádio III e
73% nos de estádio IV. A recidiva resulta em um prognóstico ruim; contudo,
novas drogas e terapias têm proporcionado melhora a uma pequena parcela dos
indivíduos acometidos.
Quando o tumor de Wilms é suspeitado basea-se em apresentar sintomas do paciente, uma biópsia cirúrgica é necessária para confirmar o diagnóstico. Isto envolve uma amostra de tecido do tumor, que é enviado ao patologista que avalia a histologia e a verifica para ver se há sinais do cancro.
Baseado dos resultados diagnósticos destes testes, os pacientes com tumor de Wilms devem ser submetidos ao tratamento para evitar a progressão da doença. O plano específico do tratamento difere para cada um individual de acordo com o tipo de doença e o nível de progressão, mas a maioria de planos de gestão envolvem a cirurgia, a quimioterapia e a radioterapia.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

O tratamento para tumores unilaterais é a ressecção do rim em questão, mesmo que esteja presente metástase pulmonar. No momento da cirurgia, outros órgãos, como fígado e linfonodos, devem ser analisados. Após o procedimento cirúrgico, realiza-se o tratamento complementar, por meio da quimioterapia e radioterapia. A realização da quimioterapia antes da cirúrgica só é recomendada quando o tumor renal for bilateral, visando salvar pelo menos um dos rins.

By | 2017-11-10T12:02:39+00:00 Abril 18th, 2016|Categories: Colunista-Luana, Sem categoria|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.